Centro Esportivo do Tietê, na Zona Norte, ganha primeira estação de ginástica ao ar livre gratuita para pessoas com deficiência - São Paulo São

Foi inaugurada no último domingo (4), no Centro Esportivo Tietê, Zona Norte da capital, a primeira estação de ginástica ao ar livre gratuita para pessoas com deficiência. Além desta primeira inauguração, outras 8 estações de ginásticas ao ar livre, destinadas a este público, serão entregues à capital paulista.

Adaptada para pessoas com deficiência, a estação é uma iniciativa das Secretarias Municipais de Esportes e da Pessoa com Deficiência. Buscando estimular a inclusão de pessoas com deficiência no esporte, além de incentivar as atividades físicas e melhorar a qualidade de vida, a implantação foi custeada pelo Santander.

Com uma área total de 27m² e seguindo a Norma Técnica da ABNT 9050, a estação de ginástica possui rampa de acesso, barras e paralelas em alturas reduzidas, mecanismos para exercícios aeróbicos de membros superiores, áreas de circulação ampliadas, além de fitas e limitadores de segurança extras. 

O projeto das estações de ginástica com espaço adaptado para pessoas com deficiência foi desenvolvido pela MUDE, registrado no INPI, com assessoria técnica da Secretaria Municipal de Portadores de Deficiência Física do Rio de Janeiro, então comandada pela técnica da Seleção Brasileira de Ginástica Olímpica, Georgette Vidal. A inauguração da primeira unidade em 2016, no Rio de Janeiro, fez parte da preparação da cidade para os Jogos Olímpicos.

Qualquer pessoa pode usufruir do local, sem a necessidade de cadastro e inscrição. Foto: Santander / Divulgação.Qualquer pessoa pode usufruir do local, sem a necessidade de cadastro e inscrição. Foto: Santander / Divulgação.Em São Paulo, participam do projeto, além do Santander, a Secretaria Municipal de Esportes (SEME) e a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPD). 

A área de circulação foi desenvolvida para possibilitar o deslocamento da cadeira de rodas e a colocação da fitas elásticas e TRX — um equipamento que permite realizar treinos mais complexos com o auxílio do peso do próprio corpo. No local, um painel de instruções auxiliará na utilização correta dos equipamentos.

As estações de ginástica são de livre acesso a população, seguindo o horário do Centro Esportivo ou Parque onde estarão alocadas. Foto: Eduardo Ogata.As estações de ginástica são de livre acesso a população, seguindo o horário do Centro Esportivo ou Parque onde estarão alocadas. Foto: Eduardo Ogata.As estações de ginástica são de livre acesso a população, seguindo o horário do Centro Esportivo ou Parque onde estarão alocadas. A estrutura da estação comporta até 9 usuários, sendo possível a presença de 3 cadeirantes por vez. Não é necessário nenhum tipo de cadastro ou inscrição para o uso das estações.

***
Com informações da SECOM / PMSP e Santander.



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio





 
 
APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio