'Abraço Cultural', curso com refugiados, promove campanha de financiamento coletivo - São Paulo São


O Abraço Cultural – curso de idioma e cultura com refugiados - acaba de lançar a campanha de financiamento coletivo ‘Abrace o Abraço’, que tem o objetivo de arrecadar fundos para que o Abraço Cultural possa crescer, impactando ainda mais a vida de refugiados e alunos do curso: http://juntos.com.vc/pt/abraceoabraco

O dinheiro arrecadado será destinado à compra de equipamentos – computadores, projetores, móveis e material para as aulas -  e à realização de uma reforma.  O objetivo é oferecer aos alunos e professores um espaço mais confortável para que as aulas fluam ainda mais.“Alcançando nossos objetivos materiais, vamos conseguir gerar recursos para mais refugiados e fazer com que mais gente vivencie a cultura dos refugiados que estão chegando cada vez em maior número em São Paulo. ” Explica Carolina Teixeira – coordenadora geral do curso

Quem aderir à campanha receberá em troca recompensas que variam de acordo com o valor doado. Entre elas estão camisetas e canecas personalizadas, quadro do paquistanês - artista plástico e professor do Abraço Cultural RaheelShahbaz e bolsa integral no curso intensivo de férias em julho de 2016.

O Abraço Cultural

O Abraço Cultural é o projeto pioneiro em São Paulo a ter refugiados como professores de cursos de idioma e cultura e já está em sua 5ª edição com turmas de árabe, espanhol, francês e inglês com enfoque em cultura Africana, Árabe e Latino-Americana.No Rio de Janeiro o curso já vai para a segunda turma. Os professores do Abraço Cultural vêm de diferentes países como Síria, Haiti, Cuba, Congo e Nigéria.

Os principais objetivos são promover a troca de experiências, a geração de renda, e a valorização pessoal e cultural de refugiados residentes no Brasil e, ao mesmo tempo, possibilitar aos alunos do curso o aprendizado de idiomas, a quebra de barreiras e a vivência de aspectos culturais de outros países: https://youtu.be/yc0nHPsgp8Y

A metodologia do Abraço Cultural propõe que os alunos vivenciem aspectos culturais trazidos por esses imigrantes, sendo o compartilhamento ponto fundamental para o aprendizado do idioma.

A troca cultural acontece por meio de conteúdos que entrelaçam o ensino formal da língua com referências culturais do professorrefugiado em questãoe aprofunda-se nos saraus multiculturais abertos* – que acontecem uma vez por mês.

 

Trajetória e números do Abraço Cultural

O projeto Abraço Cultural - Curso com Refugiados foi desenhado, em abril de 2015, pela plataforma social Atados – Juntando Gente Boa e tem hoje como parceiros também o espaço coletivo Adus, Aldeia, a SP Escola de Teatroe a Escola da Cidade.

As primeiras turmas do curso aconteceram em julho de 2015. A expectativa inicial para o primeiro curso, era atingir 40 alunos, no entanto, a procura foi bem maior - em torno de 500 pessoas procuraram o Abraço Cultural. O curso teve início com 123 alunos, distribuídos em 12 turmas.

Durante o segundo semestre de 2015 foram realizados cursos semi-intensivo, de 3 meses, e o curso regular que teve 4 meses de duração e em 2016 o curso intensivo de férias em janeiro.

O Abraço Cultural realizou festas e participou do carnaval de São Paulo 2016, desfilando com o bloco RefugiAmados que teve como destaque da folia refugiados da Síria e do Haiti.Com menos de 1 ano de vida, o Abraço Cultural inseriu no mercado de trabalho 40 professores refugiados, teve 400 alunos e engajou 70 voluntários.

O curso foi implantado no Rio de Janeiro e segue para Curitiba e Paris ainda em 2016.

Idealização Atados

O ‘Atados – Juntando Gente Boa’ é uma plataforma – online e off-line - que conecta empresas, organizações sociais e cidadãos em uma rede de transformação social por meio do trabalho voluntário e projetos inovadores.

Com sede em São Paulo, Brasília, Curitiba e no Rio de Janeiro conta com uma rede de 39 mil pessoas, 400 ONGs e 30 empresas, mobilizando cidadãos para mais de 800 oportunidades de voluntariado e co-criando projetos sociais inovadores.

Com quase 40 mil usuários, a plataforma online www.atados.com.br funciona como uma rede social conectando ONGS e cidadãos por meio de oportunidade de trabalho voluntário ou engajamento social.https://www.atados.com.br/

***

Com informações: Nany Gottardi ([email protected]Locomotiva Cultural  - 11- 4106 9279 / 11 -99348 8773.

 


APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio