Caminhos - São Paulo São

São Paulo São Caminhos

Após meses de confinamento, o debate sobre a pacificação das ruas e a estrutura de uma nova cidade se abriu mais do que nunca. Foto: AFP.Após meses de confinamento, o debate sobre a pacificação das ruas e a estrutura de uma nova cidade se abriu mais do que nunca. Foto: AFP.

Carlos Moreno, urbanista e professor da Universidade de Sorbonne, propõe transformar as cidades para aproximar os cidadãos de seus locais de trabalho, espaços de lazer e necessidades básicas, e reduzir as emissões de dióxido de carbono.

No final do verão, os residentes de Copenhague poderão colher framboesas aquecidas pelo sol nos limites da cidade, onde a expansão urbana dá lugar a florestas. Foto: Vild Mad.No final do verão, os residentes de Copenhague poderão colher framboesas aquecidas pelo sol nos limites da cidade, onde a expansão urbana dá lugar a florestas. Foto: Vild Mad.

Já pensou parar numa rua ou num parque para colher uma maçã ou uma amora? Esta é a realidade dos habitantes de Copenhage, capital da Dinamarca. A cidade passou a plantar árvores frutíferas em áreas públicas como parques ou praças, numa tentativa de reforçar os laços entre as pessoas e a Natureza.

Rua São Petersburg, Miami, Florida. Mural de Cecilia Lueza. Foto: Beth Reynolds.Rua São Petersburg, Miami, Florida. Mural de Cecilia Lueza. Foto: Beth Reynolds.

Na semana passada, a Global Designing Cities Initiative (GDCI) lançou a Designing Streets for Kids, uma plataforma concebida para estabelecer uma nova hierarquia de critérios para o desenvolvimento de projetos urbanos ao redor do mundo. “Projetando Ruas para Crianças” é uma iniciativa que pretende fomentar abordagens de projeto centradas no usuário e respaldada por princípios de desenho universal, focando na ergonometria do espaço e mobiliário urbano para melhor atender as necessidades específicas das crianças e seus familiares, além de promover a acessibilidade para ciclistas e outros meios de transporte individual não motorizado, estimulando o uso de transporte público no centro de nossas cidades.

Cidades têm implementado ciclovias temporárias para viabilizar deslocamentos seguros durante a pandemia de Covid-19 e evitar que usuários do transporte coletivo migrem para carros e motos. Aos poucos, a prática ganha corpo na América Latina, inclusive no Brasil. É uma oportunidade de ouro para fortalecer a mobilidade urbana por bicicleta – mas para isso, é preciso que as intervenções emergenciais incorporem boas práticas de segurança viária.

APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio