Encontros - São Paulo São

São Paulo São Encontros

O projeto “Belas Artes Drive-In no Memorial” chega ao Memorial da América Latina, em São Paulo, a partir de 17 de junho. Foto: Wikicommons.O projeto “Belas Artes Drive-In no Memorial” chega ao Memorial da América Latina, em São Paulo, a partir de 17 de junho. Foto: Wikicommons.

Uma parceria entre o Petra Belas Artes e o Memorial da América Latina, com apoio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, o Belas Artes Drive-in estará aberto ao público a partir do dia 17 de junho. Um espaço destinado à exibição de filmes em que o público assistirá à sessão dentro de seu próprio carro, respeitando o isolamento social.

Rua José Paulino, no Bom Retiro, em 1964. Foto: Folhapress / Acervo.Rua José Paulino, no Bom Retiro, em 1964. Foto: Folhapress / Acervo.

O Coletivo Pisa em parceria com a Escola da Cidade oferece no primeiro semestre de 2020 uma série de Cursos Livres organizados em três blocos temáticos: Memórias do chão que a gente pisa e dos rios que a gente não vê, Imigrações e Segregações: de Santa Ifigênia ao Bom Retiro e Espaços de Violência estatal e processos de memorialização.

Em atividade entre 1987 e 1996, o AeroAnta marcou época como misto de restaurante, bar, pista de dança e palco para shows. Foto: Divulgação.Em atividade entre 1987 e 1996, o AeroAnta marcou época como misto de restaurante, bar, pista de dança e palco para shows. Foto: Divulgação.

O meu amigo Mauricio Bussab (da Tratore, a maior distribuidora de música independente do Brasil) outro dia fez um post provocativo (eu achei provocativo) dizendo que não tem saudades das baladas do passado. Assim como os desenhos (palavras dele, não minhas), as que existem hoje são bem melhores porque os espaços são melhores, os serviços idem e tem também a tecnologia que deu um up em muita coisa.

As Unidades de Conservação (UCs), são espaços com status idêntico ao das grandes reservas nacionais, somando mais de 2 mil hectares. Foto: SMVMA.As Unidades de Conservação (UCs), são espaços com status idêntico ao das grandes reservas nacionais, somando mais de 2 mil hectares. Foto: SMVMA.

Há cinco reservas ambientais dentro da cidade de São Paulo que, neste verão, pela primeira vez, ficarão abertas para a visitação do público, que poderá fazer trilhas pela mata e, com sorte, cruzar com bugios ruivos, preguiças e até veados-catingueiros que vivem nos últimos santuários de mata virgem da metrópole.

APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio